Na Jornada de um Novo Empreendimento

Explore a emocionante jornada de iniciar um novo empreendimento. Descubra os desafios, conquistas e oportunidades que aguardam na trajetória do sucesso empresarial. Prepare-se para uma experiência única de crescimento e realização.


Anúncio


Uma empresa, como muitas outras, passará pelos vários estágios do ciclo de vida de um produto. O estágio de pré-lançamento e pioneiro, que inclui o início e a sobrevivência, está no passado. Muitos estágios do ciclo de vida ainda estão por vir: crescimento inicial, expansão e crescimento rápido (os próximos três a dez anos, aproximadamente); crescimento lento, estabilidade e maturidade; e, finalmente, ausência de crescimento e declínio. 

A sua empresa está em algum ponto no estágio dois e você quer que ela cresça e proporcione lucros por muitos anos. Você gostaria que ela atingisse o ponto na curva de crescimento que é o mais agradável – crescimento rápido, lucros significativos e um fluxo de caixa positivo.

Essa zona confortável ocorre antes que a taxa de crescimento comece a declinar, como indicado pelo círculo no diagrama do ciclo de vida do produto. Ele é útil para a reflexão sobre onde a sua empresa tem estado, na preparação para as decisões que você irá tomar para atingir e manter o crescimento rápido.

Na criação de um novo empreendimento, os gerentes são geralmente conduzidos por suas próprias idéias ou pelas de colegas mais próximos. O ambiente de negócios que eles vivenciam e criam envolve muitas mudanças, muita ambiguidade e incerteza contínua.

O tempo parece severamente reduzido. Os eventos não ocorrem dentro de padrões previsíveis. As comunicações informais prevalecem; decisões, estruturas e procedimentos não-intuitivos são tolerados. Há somente uns poucos mecanismos formais de controle para o funcionamento da empresa.

Os gerentes de novos empreendimentos desenvolvem muito do seu conhecimento e experiência com os seus negócios enquanto progridem – é um ambiente onde se aprende fazendo. O aprendizado que acontece, como testemunhado pela sobrevivência de um empreendimento, sugere que o gerente de um novo empreendimento é uma das pessoas de mais conhecimento, ou a de maior conhecimento, na sua área de negócios.

ONDE VOCÊ SE ENCONTRA AGORA

Quando um empreendimento começa a crescer a altas taxas anuais, o papel do gerente do novo empreendimento muda daquele de fazer as coisas diretamente para ser o de influenciar outros para que façam as coisas.

A criatividade que o gerente do novo empreendimento trouxe para o negócio é corroída pelo volume de atividades associadas ao sucesso do negócio. A confusão e o ressentimento entre os empregados sobre seus papéis ambíguos, suas responsabilidades e metas podem estar ocorrendo e se tornando antifuncionais.

O empreendimento não é capaz de imitar seus fundadores e incentivadores, e sua energia não é suficiente para controlar e manter o empenho durante o crescimento rápido.

Esse ambiente deveras indesejável e imprevisível levanta questões sérias. As mais comuns enfrentadas pelos gerentes de novos empreendimentos eram “Onde a empresa está agora?”, “Para onde quero que ela vá?” e “Como vou fazê-la ir daqui para lá?”. Essas são as questões que devem ser respondidas.